sábado, 13 de novembro de 2010


Ana Castro de Jesus Leão Beeck:
hoje estaria com 99 anos se não tivesse morrido
no dia 3 de novembro de 2009 às 10:30
en punto de la noche.



A RESPIRAÇÃO DOS VELHOS



Cobrir-se com o plânctum da alegria, antes que o langor da preguiça nos olvide entre ceras. O nada da brisa, a perfeição da leveza nesse terreno coberto de bambus. Quantas noites mansas escuto grafadas em tábuas de caligrafia chinesa? Construídas com ossadas de velhos sábios, as tábuas guardam a respiração deles. A caligrafia salva do esquecimento: soluços, amor, relva, idioma de velhos sábios que reverenciam o silêncio nesse terreno coberto de bambus.


De seu neto,
Fernando José Karl

3 comentários:

nydia bonetti disse...

Que coisa mais bonita isso, Fernando. Ainda hoje estava "lendo" uma foto antiga do meu pai. A caligrafia da saudade... abraço.

Carlos Alberto disse...

Saudade quando chega em alguns se torna poesia.

Priscila. disse...

"Cobrir-se com o plânctum da alegria, antes que o langor da preguiça nos olvide entre ceras."