terça-feira, 17 de fevereiro de 2009


Os Irmãos Lumière: Auguste (1862-1954) e Louis (1964-1948).

O primeiro autochrome dos Irmãos Lumière: 1903.

Auguste e Louis Lumière inventaram a fotografia colorida em 1903. Este também foi o ano em que a inovação foi patenteada, no dia 17 de dezembro, mas só chegou ao mercado em 1907. O “Autochrome Lumière” provinha de uma técnica artesanal que misturava partículas microscópicas de batata com corantes laranja, verde e azul (ou violeta). O pó da batata era colocado entre dois filmes preto e branco e tudo ficava numa placa de vidro. Um pouco de verniz e estava pronta a emulsão. O pó da batata funcionava como um filtro colorido. Na verdade, o processo era um pouco mais complicado do que isso. Contudo, o mais impressionante é a qualidade que eles conseguiram há 102 anos quando os pixels eram partículas de batata. O autochrome sobreviveu até 1930, quando a Kodak introduziu o seu filmcolor. Veja a seguir uma seleção de autochromes dos Irmãos Lumière:


Provença/França: 1910.

Mulher desconhecida nos arredores de Paris: 1911.

Mulheres francesas à beira do mar Egeu: 1910.

Uma certa Madame nos arredores de Paris: 1909.

Marguerite, esposa de Auguste Lumière: 1908.

Edward Weston, sem data

Ao amanhecer está Lucana adormecida na cama larga, entre copos de bebida emborcados, cesto de frutas – kiwi, mamão – e restos de sonhos, enquanto o Cristalino, frente à janela escancarada, fuma erva-cidreira e escuta no gramofone a voz de Caruso. A árvore fora de mim: é por ela que subo até às vidraças azuladas da Casa de Água, onde o vento acorda de cabeça para baixo: soprar o vento para as bananeiras e para as constelações. Aqui na varanda espio o Cristalino fumando e um fervor de agáricos nos troncos da amarga oliveira. Observo as finas cordas da chuva que serenam d’água os telhados de Villa da Concha. Calmo, podia inventar o paraíso, silêncio a silêncio, sombra por sombra. Seria um silêncio criador – fonte aberta ao acaso – busca incessante do gume ileso do vocábulo: silvo de fogo na geleira e nunca a lentidão líqüida de algas apodrecidas.



Foto rara dos Irmãos Lumière: 1907.

Os Irmãos Lumière

Os franceses Auguste (1862 -1954) e Louis (1864- 1948) são responsáveis pela primeira exibição pública de uma imagem em movimento (em 1895) e, por isso, são considerados, muitas vezes, como sendo os fundadores da Sétima Arte. Suas fitas mostravam acontecimentos comuns: operários saindo da fábrica em Lyon/França; ondas agitando-se no mar etc. Em 1896 inauguraram a primeira sala de projeções cinematográficas na Rússia.

Dezesseis dos mais importantes cineastas do mundo reverenciam os Irmãos Lumière com filmes de aproximadamente 55 segundos.

Ver Merzak Allouache.

http://www.youtube.com/watch?v=BlTHzXywvDA

Ver David Lynch.

http://www.youtube.com/watch?v=2zZ7X-MoeCM&feature=related

Ver Abbas Kiarostami.

http://www.youtube.com/watch?v=on7LRM6ehPc&feature=related

Ver Cédric Klapisch.

http://www.youtube.com/watch?v=-4U2P9c4TLc&feature=related

Ver Youssef Chahine.

http://www.youtube.com/watch?v=kX_gqLB6dME&feature=related

Ver Gaston Kaboré.

http://br.youtube.com/watch?v=K-VU5Fb6TOM&feature=related

Ver Claude Lelouch.

http://br.youtube.com/watch?v=iQZGtWPWb4U&feature=related

Ver Peter Greenaway.

http://br.youtube.com/watch?v=VJipYEaTiAU&feature=related

Ver Nadine Trintignant.

http://br.youtube.com/watch?v=wdM00OAfbLE&feature=related

Ver Jaco von Dormael.

http://br.youtube.com/watch?v=QZzO4fcn3cw&feature=related

Ver Andrei Konchalovsky.

http://br.youtube.com/watch?v=y-yiUT-UGxI&feature=related

Ver Alain Corneau.

http://br.youtube.com/watch?v=8MOJMviIIgs&feature=related

Ver Jacques Rivetti.

http://br.youtube.com/watch?v=n1eEMkjuAh4&feature=related

Ver Claude Miller.

http://br.youtube.com/watch?v=lt54rMCFg40&feature=related

Ver Raymon Depardon.

http://br.youtube.com/watch?v=GjOzuTix3Fo&feature=related

Ver Wim Wenders.

http://br.youtube.com/watch?v=VsL7lXTvEWw&feature=related