quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Ruth Bernhrd, 1952



Meus olhos vão ver o paraíso,

sim, mas serão

olhos apodrecidos

Um comentário: